Últimas Notícias

Homem da Califórnia morre após policiais o imobilizarem no chão por 5 minutos

Os policiais finalmente empurram González de cara para o chão e o algemam. “O que vamos fazer?” pergunta o primeiro oficial. “Apenas mantê-lo imobilizado?”

“Tudo bem, Mario”, disse o oficial mais tarde. “Nós cuidaremos de você.”

O primeiro oficial pergunta o sobrenome e o aniversário do senhor González e manda que ele continue falando. Ele responde em rajadas de gemidos e então começa a rosnar. A certa altura, ele parece dizer: “Por favor, não faça isso.”

Depois de aproximadamente quatro minutos e meio de filmagem do corpo da câmera mostrando González imobilizado no solo, um terceiro policial é visto em seu colo. Quando um policial pergunta se devem virá-lo de lado, outro responde: “Não quero perder o que tenho.”

“Não temos peso no peito, nada”, observa o segundo oficial, apontando para as costas do senhor González. Enquanto o primeiro oficial tenta ajustar sua posição, o segundo oficial diz: “Não, não, não. Sem peso, sem peso, sem peso. “

Segundos depois, os oficiais notam que o Sr. González não responde. Eles o rolam de lado e o empurram de costas e começam as compressões torácicas após verificar o pulso.

Depois que os médicos de emergência respondem, o primeiro oficial explica que administrou Narcan, que pode reverter as overdoses. “Ele deixou de ser combativo para não responder quase imediatamente”, diz ele.

Vários especialistas afirmaram durante o julgamento do Sr. Chauvin que a posição deitada era perigosa porque poderia afetar a respiração e que os oficiais deveriam colocar os detidos de lado o mais rápido possível.

Os três policiais que foram colocados em licença foram Eric McKinley, Cameron Leahy e James Fisher, disse uma porta-voz da cidade na terça-feira. Quando questionado sobre a morte do senhor González, ele citou comunicados anteriores do Departamento de Polícia sobre o encontro.

Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo